QUALIDADES IMPORTANTES DOS LÍDERES PRODUTIVOS

1 - A importância de se invocar o Nome do Senhor

Entre os louvores de Davi no Salmo 145:18, ele diz: “Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam de verdade”. E o profeta Isaías adverte: “Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” (Isaías 55:6). O Senhor em Jeremias 33:3 diz: “Invoca-me, e te responderei; anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes”. Coisas que estão além dos limites de nossas forças!

As dificuldades são bênçãos numa forma oculta para nós cristãos. E nem sempre as circunstâncias nos são favoráveis. As perdas nos enriquecem! É necessário que passemos por várias provações, a fim de que nossa fé em Cristo seja aperfeiçoada e aprendamos a viver e andar de forma madura, dirigidos pelo Espírito Santo.

“Ele me invocará e eu responderei; na sua angústia eu estarei com ele; livrá-lo-ei e o glorificarei. Saciá-lo-ei com longevidade e lhe mostrarei a minha salvação” (Sl. 91:15,16).

Desfrutemos as bênçãos que podemos receber do Senhor ao invocá-lo em verdade!

2 - A importância da fidelidade no tocante aos dízimos e às ofertas

Quatro bênçãos prometidas por Deus à sua Igreja, pela fidelidade de seus dizimistas e ofertantes: 1 - Não faltarão meios para dar prosseguimento ao ministério da igreja; 2 - Bênçãos imprevistas de natureza espiritual; 3 - Produtividade nos negócios dos membros da igreja que investirem com suas economias e ofertas; 4 - Reconhecimento das bênçãos por parte do mundo, tornando-se, portanto, um bom testemunho.

“Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, (1) para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, (2) se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida. Por vossa causa, repreenderei o devorador, (3) para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos”. (4) Todas as nações vos chamarão felizes, porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o Senhor dos Exércitos” (Malaquias 3:10-12).

3 - A importância da motivação e frequência aos cultos nestes dias tão difíceis

Por que tem sido tão difícil servir a Deus em nossos dias? Encontrar diáconos, presbíteros, líderes e membros motivados com a obra de Deus? Chamados para ser “sal da terra e luz do mundo” a fim de evangelizar os cansados e sobrecarregados, tornam-se parte do problema! Alguns faltam aos cultos sem justificativas, e outros até trocam de igreja sem a necessária cobertura espiritual.

Quem sabe estão precisando de repouso por algumas horas, seja por um dia. Redes sociais, Internet, agendas e celulares precisam ser desligados. Parar tudo, cessar todos afazeres e entrar no descanso que Jesus propôs aos discípulos: “Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto; porque eles não tinham tempo nem para comer...” (Mc.6:31).

Abílio Chagas